Wilson Lima decreta estado de calamidade pública no Amazonas

Wilson Lima informou que apenas estabelecimentos de serviços básicos serão mantidos abertos, como supermercados, farmácias e padarias.

Foto: Reprodução

MANAUS – Na tarde desta segunda-feira (23), o Governo decretou durante coletiva de imprensa, estado de calamidade pública no Amazonas, devido a pandemia Covid-19. Já são 32 casos confirmados no Amazonas.

O governador, Wilson Lima, informou que apenas estabelecimentos de serviços básicos irão permanecer abertos, onde citou como exemplos, farmácias e supermercados. Além disso, todos os órgãos do governo serão submetidos ao trabalho home-office, exceto os serviços de segurança e saúde.