Veja vídeo: Polícia divulga imagens do assassino de amazonense morta em Gramado

A jovem trabalhava como garota de programa e teria conhecido o homem pelas redes sociais.

Manaus/AM – A polícia Civil de Gramado divulgou nesta quinta-feira (15), imagens de câmeras de segurança em que aparece o homem suspeito de assassinar a amazonense Deyna Chayena Nunes da Silva, 29, em Gramado. O crime ocorreu no dia 24 de setembro deste ano, em um apartamento da rua Prefeito Nelson Dinnebier, centro de Gramado.

Assassino caminhando atrás da vítima

Nas imagens é possível ver um homem, usando camisa de manga longa, boné e máscara de cor preta. Em determinado momento, as imagens mostram Deyna caminhando com o suspeito em  direção ao quarto. No outro vídeo, o homem sai do local sozinho, a amazonense já está morta.

A polícia pede que qualquer informação sobre o homem poderá ser repassada aos seguintes telefones: 54-984089364; 54-991968092; 54-32862300; 54-32864299; 197.

Os números são da Polícia Civil de Gramado e o sigilo será absoluto.

Relembre o caso

Jovem é morta após marcar encontro com cliente em apartamento de Gramado

A jovem trabalhava como garota de programa e teria conhecido o homem pelas redes sociais.

Deyna já teria sido vítima de dois atentados enquanto fazia programas

Natural do Amazonas, Deyna Chayena Nunes da Silva, de 29 anos, foi assassinada na noite do dia 24 de setembro deste ano, dentro do apartamento que dividia com outras duas conterrâneas, no centro de Gramado. O possível autor do crime seria um homem que teria marcado um programa com ela via whatsapp. A Vítima ainda chegou a enviar mensagens para uma das amigas por volta das 19:45, informando que o homem era estranho e segundo palavras da jovem, ele tinha cara de “malandro”. Exatamente às 20:00 a jovem não respondeu mais as mensagens das amigas.   O corpo foi localizado pelas amigas da vítima quando retornaram para o apartamento, após Deyna não responder contatos pelo telefone. O local estava trancado. Após conseguirem entrar no apartamento, elas avistaram a amiga deitada de bruços na cama, apenas de calcinha, e perceberam que havia um travesseiro no chão sujo de maquiagem e batom na cor que a vítima usava. Também constataram que sumiu do local o celular da vítima, um Iphone 11 plus, além, do dinheiro que havia na carteira da vítima, achada jogada no chão da sala. O caso foi tratado como latrocínio, roubo seguido de morte.

Segundo laudo a jovem foi morta por asfixia

Em Manaus familiares velaram e enterraram o corpo, e pedem justiça pela jovem. Segundo a tia de Deyna, a jovem já teria sido vítima de dois atentados enquanto fazia programas. Nessa terceira vez, foi morta. A polícia Civil de Gramado investiga o caso.

Deyna caminhando com o suspeito em  direção ao quarto
Assassino saindo do quarto sozinho, a amazonense já está morta

0 0 vote
Article Rating