Tiago Nunes se segura após protestos e derrota. Mas demissão segue em pauta

Tiago Nunes redirecionou todas perguntas sobre possível demissão a diretoria do Corinthians.

O Tiago Nunes se segura no cargo de treinador do Corinthians mesmo após derrota no clássico para o Palmeiras ontem (10), em plena Neo Química Arena, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador permaneceu mesmo com o protesto da torcida corintiana na porta do estádio. Os torcedores cobraram os jogadores, mas não deixaram de pedir a demissão de Tiago.

O UOL Esporte apurou alguns motivos que seguram o treinador no cargo. O primeiro deles é que o presidente Andrés Sanchez mantém a filosofia de não avaliar somente resultados para demitir seus treinadores. O dirigente não considera Tiago Nunes o único culpado pelo momento ruim do time na temporada.

Tiago Nunes disse após o jogo que confia em Andrés e ressaltou que a cúpula alvinegra sabe avaliar que seu trabalho é de alto nível. No entanto, ele mesmo deixou a demissão em pauta ao dizer que a confiança de Andrés e companhia não o segura no cargo até o fim desta temporada. O ex-treinador do Athletico-PR considera normal uma demissão nesse caso no futebol, mas prometeu lutar para reverter o quadro contra o Fluminense, domingo, fora de casa.

Eu confio totalmente nas palavras do Andrés, na direção do clube, sempre tivemos um relacionamento muito transparente. Há pessoas no clube, auxiliares, preparadores em condição de avaliar o trabalho. Executamos trabalho de alto nível e alta performance, não é proporcional ao resultado que estamos colhendo. Eu confio nas palavras do Andrés, mas isso não quer dizer que serei o treinador do Corinthians até o final da temporada. Confio no que a direção sempre falou, mas não quer dizer que não haverá mudança.”

Além de confiar em Tiago Nunes, a diretoria do Corinthians sabe que a troca de treinador agora é complicada também por conta das eleições à presidência do clube em 28 de novembro deste ano. A atual cúpula tem cerca de dois meses de mandato e reconhece que teria dificuldades para encontrar um técnico no mercado da bola que aceite o contrato curto até o fim do ano.

Tiago lembra falta de grandes reforços

Tiago Nunes redirecionou todas perguntas sobre possível demissão a diretoria do Corinthians. No entanto, ele fez uma leve avaliação de seu trabalho e fez questão de lembrar que não conta com grandes contratações e que teria que achar a solução de problemas técnicos no time dentro do clube.

Essa pergunta tem que ser direcionada a direção do clube. Estamos dando oportunidades para jogadores que não eram aproveitados há tempos. Não íamos ter grandes investimentos em atletas e teríamos que achar solução dentro da própria casa. A permanência ou não até o jogo do Fluminense tem que ser direcionada a direção do clube“, disse.

Com a derrota para o Palmeiras, o Corinthians caiu para a 13ª colocação, com nove pontos em oito partidas realizadas – apenas a um ponto da zona do rebaixamento. O Timão visita o Fluminense no próximo domingo (13), às 16h (de Brasília), no Maracanã, pela décima rodada do Brasileirão, precisando vencer para não correr o risco de entrar na zona de rebaixamento.

Fonte: UOL ESPORTE

0 0 vote
Article Rating