Pedido de impeachment do governador do AM gera contestações no Planalto, diz Revista Veja

A avaliação de assessores e aliados do presidente é que o impeachment de Lima veio no momento errado e sem crime de responsabilidade configurado.

Foto: Divulgação/Secom

BRASÍLIA – Foi mal recebida no Palácio do Planalto a informação de que o pedido de impeachment do governador do Amazonas, Wilson Lima, partiu do PRTB, partido do vice-presidente da República. A avaliação de assessores e aliados do presidente é que o impeachment de Lima veio no momento errado e sem crime de responsabilidade configurado.

Há ainda a avaliação de que interesses eleitorais estão por trás do movimento politico. O próprio Josué Neto, presidente da Assembleia Legislativa e autor do pedido de impeachment, já se declarou candidato a prefeito de Manaus. Neto quer instaurar a comissão especial que analisará o pedido na próxima sexta-feira.
Com informações Veja*

0 0 vote
Article Rating