Padeiro que estupro idosa é condenado há 29 anos de prisão em Manaus

A denuncia foi feita pela filha da vítima, após as investigações ele foi preso e ficará a disposição da justiça pelo crime de estupro.

Manaus–A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), cumpriu, nesta segunda-feira (03/05), por volta das 10h, mandado de sentença condenatória em nome de um padeiro de 29 anos, pela prática do crime de estupro contra uma idosa de 72 anos, em 2013. A prisão ocorreu no bairro Redenção, zona centro-oeste.

Foto Ilustrativa

De acordo com o delegado Marcos Arruda, titular da unidade policial, o autor era amigo dos filhos da vítima, e na ocasião do ato criminoso, na residência da idosa, ele se aproveitou desta convivência para praticar a infração penal.

“Tomamos conhecimento sobre o fato após a filha da vítima registrar a denúncia relatando o caso, que a sua mãe havia lhe contado. Com base nisso, solicitamos da Justiça o mandado de sentença condenatória em nome do indivíduo, tendo sido este expedido no dia 20 de abril deste ano”, disse o delegado.

Segundo a autoridade policial, após a expedição do mandado, as equipes de investigação seguiram em diligência e efetuaram a prisão do infrator em seu local de trabalho, no bairro Redenção.

Procedimentos – O homem foi condenado a 29 anos e um mês de reclusão em regime fechado, pela prática do crime de estupro. Após o término dos procedimentos cabíveis no 1º DIP, ele será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

Divulgação Assessoria PC/AM

0 0 votes
Article Rating