No Amazonas, pais são presos suspeitos de agredir e estuprar bebê

Bebê de apenas três meses foi levado ao hospital com com sinais de violência sexual e agressão física, no local foi constatado que a criança já estava sem vida

AUTAZES – Na manhã de quinta-feira (06), um bebê de apenas três meses de vida foi levado a um hospital, com sinais de violência sexual e agressão física, no local foi constatado que a criança já estava sem vida. O caso aconteceu no município de Autazes.

O delegado da 39° Delegacia Interativa de Polícia (DIP) do município, David Jordão, informou que funcionários da unidade hospitalar acionaram a Guarda Municipal da cidade após constatarem os sinais de agressão no bebê, onde foi solicitado exame de conjunção carnal, que confirmou a violência sexual. Foi atestado pelo laudo médico que a menina morreu por traumatismo crânioencefálico.

Os pais do bebê, um homem de 37 anos e uma mulher de 31, foram encaminhados para a delegacia onde foram autuados em flagrante por homicídio duplamente qualificado.

Foi aberto um Inquérito Policial (IP) na 39ª DIP para apurar a ocorrência do abuso sexual. A equipe de investigação, segundo a Polícia Civil, busca por outros possíveis vestígios que tenham ocasionado os crimes.