No Amazonas, bebê é resgatado após ser mantido em cárcere privado pelo pai de 17 anos

Segundo a PM, pai e mãe estavam separados e jovem ameaçava matar menino.

Foto: Divulgação/SSP-AM

UARINI – Em parceria com o Conselho Tutelar, policiais militares resgataram um bebê de apenas 1 ano no município de Uarini, após ter sido mantido em cárcere privado pelo próprio pai, um adolescente de 17 anos.

A criança estava sendo cuidada pelo pai, quando a mãe, uma adolescente de apenas 16 anos, foi buscar o bebê. O pai se trancou no quarto com o menino, ameaçou matar a criança e depois cometer suicídio. Rapidamente a guarnição iniciou uma diligência no intuito de resgatar a criança.

Segundo informações levantadas pela polícia, o pai do bebê havia se separado recentemente da esposa, e o menino de um ano ficou sob os cuidados do adolescente.

Diante da situação, com autorização da família, os policiais adentraram a residência e passaram a gerenciar a crise, negociando com o genitor a libertação da criança.

Após 1 hora e 20 minutos de negociação, o rapaz decidiu abrir a porta e entregar a criança à mãe. Todos foram conduzidos à sede do Conselho Tutelar para os procedimentos cabíveis.
Com informações da assessoria.