Mulher morre após cair de brinquedo em parque de diversões

A filha da vítima também foi arremessada e está em observação em um hospital. Duas pessoas foram presas

Foto: Reprodução/TV Gazeta

ESPÍRITO SANTO – Uma mulher morreu depois de cair de um brinquedo, em um parque de diversões em Itaipava, no município de Itapemirim, na região Sul do Espírito Santo, na noite desse sábado (1). A filha dela também também foi arremessada e está em observação no hospital de Cachoeiro de Itapemirim. O operador do brinquedo e o dono do parque foram presos. O parque não tinha alvará de funcionamento.

De acordo com informações do delegado plantonista de Itapemirim, Thiago Viana, a mãe, a filha e o pai são do município de Viana, na Grande Vitória, e estavam passando férias no município.

No momento do acidente, a mãe e a filha estavam no brinquedo “Surf” e o pai ficou do lado de fora assistindo. De acordo com o relato dele, o aparelho, que funcionava girando, começou a ir mais rápido e chacoalhar na descida. Ele pediu para que desligassem o brinquedo, mas a mulher e a criança foram arremessadas.

“O marido estava em frente ao aparelho e, quando viu que o estava mais rápido, pediu para que desligassem, mas não teve tempo. Pelo que foi apurado até agora, o aparelho começou a funcionar de forma mais rápida e causou a queda da mãe e depois da filha. O brinquedo passou por cima da mãe e a criança foi arremessada para fora”, explicou o delegado.

O delegado explicou que a mulher caiu no fundo da plataforma do brinquedo e que, pelo espaço entre o fundo e o brinquedo ser de 14 centímetros, ela foi atingida pelo equipamento e foi a óbito no local.

A criança foi lançada cerca de 10 metros para fora do brinquedo e não teve ferimentos graves. A menina está em observação no Hospital Infantil de Cachoeiro de Itapemirim.

Fonte: G1 Espírito Santo/ TV Gazeta