MP prende mãe que oferecia filhas para serem estupradas

A ação, intitulada 227, cumpriu três mandados de busca e apreensão e dois de prisão temporária, além da internação emergencial de um menor

Imagem Ilustrativa

BRASIL – Uma operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte de combate ao abuso infantil foi deflagrada nesta segunda-feira (22/2), no município São Gonçalo do Amarante. A ação foi intitulada 227, em alusão ao artigo 227 da Constituição Federal da República, que tem como objetivo proteger crianças e adolescentes.

Na ocasião, uma mulher foi presa com a suspeita de oferecer as próprias filhas, menores de idade, para serem violentados sexualmente. De acordo com o Ministério Público do Rio Grande do Norte, a mulher levava as jovens para serem abusadas em motéis da região.

Foram cumpridos, ao todo, três mandados de busca e apreensão e dois de prisão temporária, além da internação de um menor de idade. A iniciativa faz parte de uma investigação da 2ª Promotoria de Justiça de São Gonçalo do Amarante, sob comando do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado.
Fonte: Metrópoles

0 0 vote
Article Rating