Jovem oferece heroína no aniversário de 18 anos da namorada e ela morre

Amigos contaram que, desde o primeiro envolvimento da italiana com o rapaz de 21 anos, ela mudou completamente

Uma jovem que acabara de completar 18 anos foi encontrada morta no apartamento do namorado, no último sábado (10/10). Maria Chiara Previtoli morava em Amélia, na Itália, e vinha se relacionando há meses com um homem de 21 anos identificado como Francesco.

De acordo com o jornal italiano La Nazione, Maria tinha feito aniversário na sexta-feira (9). Na ocasião, conforme investigação da polícia, Francesco teria “presentado” a namorada com uma dose de heroína.

Viciado em drogas, ele curtiu a celebração em nome de Maria com amigos dela. Depois, os dois foram para a casa dele, onde o rapaz teria prometido “uma surpresa” para a jovem.

No local, ele teria dado à namorada heroína — uma droga altamente viciante, geralmente aplicada na veia. Nos momentos seguintes, Maria reagiu mal ao opioide e veio a óbito.

Francesco teria chamado uma ambulância horas depois, e os médicos detectaram a droga no organismo de Maria. A polícia investiga o grau de culpabilidade de Francesco e tenta descobrir o motivo de ele ter demorado para chamar ajuda. Conforme os paramédicos, se o socorro tivesse sido acionado antes, provavelmente Maria ainda estaria viva.

Em entrevista à publicação, o pai da italiana comentou o caso: “Maria não estava bem… ele a influenciou, a mudou. Desde que eles começaram a sair, ela se tornou uma pessoa diferente, irreconhecível. E agora ela está morta”.

Amigos da jovem também relataram que Maria era alguém extremamente alegre até conhecer Francesco. Eles apontam que ela se tornou tímida e pouco comunicativa.

Fonte: Metrópoles

0 0 vote
Article Rating