Governo é recomendado a distribuir vacinas de Oxford nos municípios do interior do AM

A solicitação foi feito pela Justiça Federal, somente Manaus continua suspensa a entrega das doses do imunizante.


Manaus- Após a suspensão da entrega das vacinas de Oxford AstraZeneca em Manaus, na noite desta terça-feira, (26), após o novo despacho da 1ª Vara Federal Cível da Justiça Federal,  a Procuradoria Geral do Estado recomendou que a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) distribua as doses de vacina nós municípios do interior do AM.

Em Manaus, a aplicação do imunizante só poderá ser retomada quando a Secretária Municipal de Saúde (Semsa), iniciar o plano de vacinação de acordo com os padrões exigidos do Plano Nacional de Imunização (PNI), diz a decisão, ordem dada pela juíza Jaiza Maria Pinto Fraxe, que assina o documento.

De acordo com a Justiça Federal, não foi dispensado o plano de vacinação para pessoas idosas. Pessoas identificadas que furaram fila de prioridades no AM, não terão direito a segunda dose.

O envio dos imunizantes de Oxford para os municípios, foi suspenso ontem (26), o Governo do Amazonas informou após o mandado de intimação entregue para FVS-AM para cumprimento da determinação.

Até a decisão, 16 cidades do interior receberam 17.450 doses da Oxford/AstraZeneca. Os municípios que receberam foram Anamã (360), Apui (510) Benjamin Constant (1.080), Ipixuna (590), Coari (2.390), Iranduba (1.680), Itapiranga (340), Lábrea(1.270), Maués(1.690), Nhamundá (830), Parintins(3.990), Pauini (400), Presidente Figueiredo (850), Coari (2.390), Eirunepé (910) e Tapauá (560).

0 0 vote
Article Rating