Força Aérea confirma morte de três militares em queda de helicóptero

Uma tenente, um major e um sargento não resistiram aos ferimentos.

A Força Aérea do Paraguai confirmou que três pessoas morreram na queda de um helicóptero de treinamento H1, realizado na manhã desta quinta-feira (25), em uma zona de treinamento em Ñu Guassú próximo à Base Aérea de Luque. 

Faleceram a tenente Andrea Larissa Cubilla Aguayo, o major Gustavo Rafael Velazco Acosta e o sargento Gustavo Arzamendia Rolon. Outros dois tripulantes ficaram feridos e foram transferidos para o Hopsital San Jorge.

Conforme o Ponta Porã News, o general da Divisão Aeronáutica, Arturo González, disse que a aeronave era tripulada por um mecânico, um aluno e dois instrutores. 

Arturo confirmou que os corpos e os feridos foram retirados da área do acidente antes que o helicóptero pegasse fogo.

Foto: Divulgação

O comandante detalhou que a aeronave estava realizando um voo de treinamento, quando ocorreu uma pane que forçou os pilotos a fazerem um pouso de emergência.

A aeronave que caiu faz parte de um lote de helicópteros doado há cerca de 10 anos pelo governo da China para o Paraguai, mas segundo o general Arturo, eles passam por revisão e atualização constantes.

A Força Aérea criou uma comissão especial para determinar as causas que podem ter causado o acidente.

O estado de saúde dos demais militares não foi informado.


Fonte: Top Mídia News

0 0 votes
Article Rating