David Almeida, do Avante, e Amazonino Mendes, do Podemos, disputam o segundo turno em Manaus

Com 100% das urnas apuradas, Amazonino Mendes tinha 234.088 votos, o que representa 23,91% do total, enquanto David Almeida somava 218.929 votos, o equivalente a 22,36%.

Foto divulgação

Manaus/Am – Os eleitos para o segundo turno das eleições 2020, para o cargo da Prefeitura de Manaus, no próximo dia 29 de novembro, são os candidatos Amazonino Mendes, do Podemos, e David Almeida.

Segundo os dados do Tribunal Superior Eleitoral, com 100% das urnas apuradas, Amazonino Mendes tinha 234.088 votos, o que representa 23,91% do total, enquanto David Almeida somava 218.929 votos, o equivalente a 22,36%.

Em terceiro lugar na disputa ficou o candidato Zé Ricardo, do PT. Ele recebeu 139.846 votos, o que significa 14,28% do total.

A eleição em Manaus teve 18,23% de abstenção, 4,04% votos brancos e 6,05% votos nulos.

Confira o resultado com 100% das urnas apuradas:

Amazonino Mendes – PODE – 23,91%
David Almeida – AVANTE – 22,36%
Ze Ricardo – PT – 14,28%
Ricardo Nicolau – PSD – 12,08%
Coronel Menezes – PATRIOTA – 11,32%
Capitão Alberto Neto – REPUBLICANOS – 7,82%
Alfredo Nascimento – PL – 3,24%
Romero Reis – NOVO – 2,97%
Chico Preto – DC – 1,65%
Marcelo Amil – PC do B – 0,29%
Gilberto Vasconcelos – PSTU – 0,08%

Conheça os candidatos que estarão disputando no segundo turno das eleições 2020;

Amazonino Mendes, natural de Eirunepé (AM), tem 80 anos, é advogado e empresário da construção civil. Filiado ao Podemos, já foi três vezes prefeito de Manaus, quatro vezes governador do Amazonas e também senador. Ele tem um patrimônio declarado de R$ 4.717.391,35. O vice é Wilker Barreto, do Podemos, que tem 44 anos.

O candidato celebrou o avanço para o segundo turno. “O Amazonino traz na sua bagagem a sua história. É isso que me faz neste momento feliz e orgulhoso. Vontade que eu tenho enorme de abraçar vocês. Muito obrigado, vocês me honraram por demais. Um abraço a todos”, comemorou.

David Almeida, natural de Manaus, tem 51 anos, é formado em direito e é viúvo. Tem um patrimônio declarado de R$ 857.529,00. O vice é Marcos Rotta, que tem 53 anos.

O candidato foi eleito três vezes deputado estadual e ocupou o cargo de governador interino do Amazonas em 2017, após a cassação do então governador José Melo por compra de votos.

“Manaus vai ser uma cidade melhor para se viver. Agora sim, nós estamos no segundo turno. Nós vamos debater as ideias e propostas para a nossa cidade. Manaus, certamente, terá serviços públicos mais eficientes. Eu e Marcos Rotta vamos fazer isso pela nossa cidade””, disse.

0 0 vote
Article Rating