Cruzes são fixadas na Ponta Negra, em Manaus, em homenagem a profissionais da educação, vítimas da covid-19

Categoria relata que Dia do Professor deste ano é diferente, e “o sentimento de hoje é saudade”. Mais de 4,2 mil pessoas já morreram no estado com doença.

O Dia do Professor, comemorado nesta quinta (15), foi marcado por homenagem a profissionais da educação mortos pela Covid-19 em Manaus. Um grupo de professores fixou cruzes no Complexo Turístico da Ponta Negra com fotos de colegas que morreram com a doença.

Mais de 30 professores foram homenageados durante o ato. Em todo o Amazonas, até esta quarta (14), a doença já matou mais de 4,2 mil pessoas. O Amazonas foi o primeiro estado do País a reabrir escolas na pandemia.

O ato teve início por volta das 8h30 e cerca de 15 professores estiveram no local. Segundo a organização, a quantidade de professores na homenagem teve que ser restrita para evitar aglomeração.

Feitos de pedaços de madeira, o grupo pregou cruzes, além de flores, em um gramado do calçadão junto a fotos de professores que foram vítimas da doença. Com um violão, músicas também foram cantadas pela categoria em homenagem aos colegas.

Professores fizeram ato em homenagem a profissionais mortos pela Covid-19. — Foto: Eliana Nascimento/G1 AM

O professor Lambert Melo, representante da Associação Sindical dos Professores de Manaus (Asprom Sindical), comentou que o dia 15 de outubro é um dia de luta, mas, por conta da pandemia, este ano é um dia de luto.

Ele lamentou sobre a desvalorização da categoria. “Faz muito tempo que o poder público do Amazonas não proporciona ao professor e a carreira do magistério melhorias que deem prazer e condições de fazermos nosso trabalho de educação com mais qualidade”, lamentou.

Melo também declarou ser contra o retorno das aulas presenciais durante a pandemia. Ele lembrou do professor João Neto, vítima da Covid-19. Segundo ele, o profissional deu a vida pela educação, fazia parte do sindicato e estava a frente de greves.

O ato foi pacífico e contou com uma equipe da Polícia Militar.

Fonte: G1 Amazonas

0 0 vote
Article Rating