Compra superfaturada de respiradores no Rio na mira da PF

Investigadores da PF estimam um prejuízo milionários aos cofres públicos com as supostas irregularidades.

Agentes da Polícia Federal (PF) cumprem, nesta terça-feira (6), cinco mandados de busca e apreensão e uma ordem de afastamento de função pública nos municípios de Japeri e Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro. 

Batizada de “Apneuse”, a operação investiga a compra de respiradores obsoletos e com preços superfaturados em meio à pandemia de coronavírus.

O prejuízo estimado aos cofres públicos apenas no município de Japeri chega a R$ 2 milhões.

As investigações, que começaram em junho, contaram com o apoio do Ministério Público Federal (MPF), Controladoria Geral da União (CGU) e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Os investigados responderão pelos crimes previstos na Lei de Licitações e por peculato, quando o agente público, em razão de seu cargo, se apropria de bens ou valores, destaca o site Metrópoles.

Fonte: Renova Mídia

0 0 vote
Article Rating