Com prisão decretada, suspeito de assassinar miss pode ser preso a qualquer instante

O Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam), por meio do juiz George Hamilton Lins Barroso, expediu o mandado de prisão temporária.

Foto: Divulgação

MANAUS – Suspeito de ter assassinado a Miss Manicoré e finalista do Miss Amazonas, Kimberly Mota, de 22 anos, Rafael Rodrigues segue sendo procurado pela polícia. No início da noite desta terça-feira (12), o Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam), por meio do juiz George Hamilton Lins Barroso, expediu o mandado de prisão temporária.

Na noite de ontem (12) surgiu a informação de que Rafael estaria em Roraima, mas a polícia amazonense, ainda, não confirmou se, de fato, Rafael deu entrada no estado vizinho.

0 0 votes
Article Rating