Caso Kimberly: Rafael Fernandez tem prisão preventiva decretada

A decisão da magistrada acompanhou o parecer do promotor de justiça do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE).

Foto: Divulgação

MANAUS – Nesta quinta-feira (21) a juíza Priscila Maia Barreto, da Central de Inquéritos de Manaus, decretou a prisão preventiva de Rafael Fernandes Rodrigues, acusado de matar a ex-namorada Kimberly Mota, ex-miss Manicoré. A magistrada seguiu parecer do Ministério Público do Amazonas (MP-AM) para determinar a medida.

Rafael Fernandez está preso desde o último dia 15 de maio quando foi capturado em Pacaraima, na fronteira de Roraima com a Venezuela. Ele foi transferido para Manaus e estava cumprindo prisão temporária que tinha duração de 30 dias. Diante da confirmação da autoria do crime, a Polícia Civil do Estado do Amazonas solicitou que o mesmo possa permanecer preso preventivamente.

0 0 vote
Article Rating