Após denúncia, festa com mais de quatro mil pessoas é interditada em Manaus

De acordo com a SSP, as fiscalizações têm o objetivo de verificar se o decreto Estadual de combate e prevenção ao Covid-19 está sendo obedecido.

Divulgação SSP

Na madrugada deste domingo (13), após uma denúncia de aglomeração, a polícia interditou uma festa clandestina que estava ocorrendo em uma chácara, no bairro Flores em Manaus. Segundo a polícia, pelo menos quatro mil pessoas estavam no local.

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), shows em bares e boates estão proibidos em razão da pandemia. No local adolescentes havia ingerindo bebidas alcoólicas, e três que estavam embriagadas foram conduzidos, juntamente com a mãe, para a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca). O dono do evento também foi encaminhado à unidade policial por vender bebidas alcoólicas para menores de idade.

Outro bar, na Zona Sul de Manaus, foi interditado por apresentar diversos problemas com aglomeração. A interdição do local foi decorrente de solicitação da Polícia Militar da área.

Entre sexta e sábado, a polícia interditou quatro locais, dois foram autuados ou notificados, 28 veículos receberam notificação de trânsito e cinco pessoas foram conduzidas a Delegacia. As ações ocorreram nas zonas Sul, Norte e Centro-Sul de Manaus.

De acordo com a SSP, as fiscalizações têm o objetivo de verificar se o decreto Estadual de combate e prevenção ao Covid-19 está sendo obedecido. A Secretaria de Segurança Pública informou que denúncias sobre locais que apresentem aglomeração ou qualquer irregularidade podem ser repassadas ao 190.

0 0 vote
Article Rating