Acusado de tentar estuprar bebê de 1 ano, morre em hospital de Manaus

O homem foi gravemente agredido após ter invadido uma casa para tentar estuprar a criança

Foto: Divulgação

MANAUS – Na segunda-feira (27), um homem, de 25 anos, acusado de invadir uma casa e tentar estuprar bebê de apenas 1 ano, morreu após ter sido espancado por populares. As agressões aconteceram no domingo, quando ele foi preso e levado ao Hospital João Lúcio.

O caso ocorreu na comunidade Novo, localizada no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus. De acordo com a Polícia Militar, o homem foi gravemente agredido após ter invadido uma casa para tentar estuprar a criança. A partir daí, a população correu atrás do homem para agredi-lo.

De acordo com a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), ele tinha marcas de agressão e facadas. No dia do caso, foi levado ao João Lúcio, inconsciente. Nesta segunda-feira, faleceu.

O boletim de ocorrência foi registrado pela mãe da vítima na DEHS, que deve investigar o crime. O homem já havia sido preso em São Sebastião do Uatumã por furto qualificado.